O SHOW com Ivan Lins, Leila Pinheiro, Roberto Menescal, Roberta Sá, Wanda Sá, Paula Morelenbaum e Jaques Morelenbaum.

  • Bossa Nova in Concert - Ivan Lins
  • Bossa Nova in Concert - Jaques Morelenbaum
  • Bossa Nova in Concert - Leila Pinheiro
  • Bossa Nova in Concert - Paula Morelenbaum
  • Bossa Nova in Concert - Roberta Sá
  • Bossa Nova in Concert - Roberto Menescal
  • Bossa Nova in Concert - Wanda Sá

Já imaginou assistir no mesmo palco artistas como Ivan Lins, Leila Pinheiro, Roberto Menescal, Roberta Sá, Wanda Sá, Paula Morelenbaum e Jaques Morelenbaum? O projeto Bossa Nova in Concert vai tornar esse encontro inédito possível. Realizado no dia 17 de fevereiro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, a partir das 21h30, o evento irá homenagear um dos ritmos brasileiros mais idolatrados em todo o mundo.

Os ingressos variam de preços populares como 50 reais (poltrona superior), até 150 (poltrona front gold), para quem deseja estar mais próximo dos ídolos, e podem ser adquiridos em pontos como a Central de Ingressos do Brasília Shopping (W3 Norte), Fnac e o site Eventim. Os valores são referentes à meia-entrada e sujeitos a alteração sem aviso prévio.

O Bossa Nova In Concert que acontece na capital federal foi inspirado no show homônimo realizado em 2005, no Rio de Janeiro. Com as participações de nomes como Miéle, Wanda Sá, Leny Andrade e João Donato, entre outros, o evento resultou na gravação de um DVD. Agora, com intérpretes igualmente renomados, chega a vez de Brasília reverenciar o ritmo que é celebrado no dia 25 de janeiro.

O show de Brasília recebe nomes que viveram as décadas de ouro da Bossa, como Roberto Menescal, um dos criadores do ritmo, e Paula Morelenbaum e Jaques Morelenbaum – que fizeram parte da banda de Tom Jobim durante dez anos. A noite conta ainda com as luxuosas presenças de Leila Pinheiro, Wanda Sá e Ivan Lins, além da participação da cantora Roberta Sá, que representa a nova geração da música popular brasileira.

Bossa Nova

No final da década de 1950, a cumplicidade entre os músicos, que se reuniam nas noitadas cariocas e desabafavam em troca de conforto as histórias de amor, fez surgir uma das mais belas expressões musicais brasileiras, a Bossa Nova. Entre os músicos estavam João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Moraes que – juntos de outros compositores da época–, criaram um movimento musical, dentro da MPB, derivado do samba, mas com forte influência do jazz.

Chega de saudade foi o nome escolhido para o primeiro disco, que marcou a entrada para a história do importante movimento musical. Poucos anos depois, em 1962, o ritmo vive o capítulo mais importante de sua história: o Carnegie Hall, em NY, recebe grandes nomes da Bossa Nova para um show inesquecível para música popular brasileira, quando a Bossa Nova, a partir de então, conquistou o mundo, tendo suas versões gravadas em praticamente todos os continentes.